Quem me dera se me fosse dado o poder de ser silêncio
Não faria nada ao som, mas seria mais um tom, uma nota por extenso

Quem me dera se me fosse feito uma jóia de valor
Não seria orgulhoso, prepotente ou presunçoso, só seria um sonhador

Quem me dera se me fosse achado uma parte do meu mundo
Não teria fantasia, tão somente alegria de um louco vagabundo

Quem me dera mais ainda ser o sol que te clareia
Não seria um astro só nem tampouco um galho sem nó
Ser o sangue de tua veia


0 comentários:

Postar um comentário

Autora

Autora
Daiani, 24 anos, apaixonada pelos livros do Nicholas Sparks

Seguidores

Redes Sociais

Tecnologia do Blogger.

Categorias

Postagem em Destaque

(Resenha) Baía da Esperança- Jojo Moyes

a conseguiu fugir do passado. Mas nas praias paradisíacas da encantadora comunidade de Silver Bay ela ao menos encontrou a liberdade e a se...

Postagens Populares

RESENHA MAIS VISUALIZADA 1

RESENHA MAIS VISUALIZADA 1
Simplesmente Você

2

2
Livros que me fizeram chorar

3

3
Livros Para Ler Em Um Dia

4

4
Um Personagem em Minha Vida

5

5
As Vezes Olho Para O Céu E Te Vejo

Visualizações de página do mês passado