• "Bom gente, esta é minha primeira resenha para este blog, e como amo um bom romance, hoje falarei do Livro Whitiney meu amor, segundo livro da serie Dinastia Westmoreland ,de Judith McNaught. Este livro, embora me irrite em alguns trechos, também se tornou um de meus prediletos justamente por estes motivos, Clayton Westmoreland tem defeitos, e muitos, também nos mostra seu lado romântico.Ele um libertino, que ao conhecer Whitiney decide que a terá como sua esposa, e para isso usa de suas influências afim de conseguir o que quer, ele é um mocinho as avessas, tenta ser galante e doce, mas como é muito dominador e acostumado a ter sempre o que quer , tem atitudes abomináveis ( quem ler logo saberá a que me refiro). A muita gente que o considera mais um vilão que um mocinho mas acho que ele teve o que mereceu. Ah um detalhe que acho muito legal neste livro: esqueça aquela trama em que a mocinha faz mil é uma maquinações para atrair o mocinho, isso ocorre sim, mas não com o casal principal, pois quem faz as tramas é as divertidas perseguições é o mocinho rsrsrs . Apesar, de o mocinho ser muito criticado, deve- se levar em conta que a mocinha também não é nenhuma santa! Whitney é obcecada por seu amor de infância e não percebe quando seus sentimentos começam a mudar em direção ao mocinho (que em alguns pontos também é o vilão da historia), ela tem algumas atitudes muito infantis, mas que vão melhorando ao longo da trama e se mostra muito madura quando descobre quais são seus verdadeiros sentimentos. Com uma trama leve e de fácil compreensão Judith McNaught conseguiu com que este livro seja peça fundamental das estantes das românticas de plantão. Nota : 9 para este livro E ele ganha duas pimentinhas para quem quer saber o gral de calor que a trama nos desperta "




  • Sinopse - Whitney, meu Amor! (Whitney, my Love) - Dinastia Westmoreland - Livro 2 - Judith McNaught Órfã de mãe e criada por um pai severo e frio, a adolescente Whitney Stone choca a sociedade inglesa do começo do século XIX com seus modos, sua espontaneidade e rebeldia. Desde menina, ela ama o belo e aristocrático Paul, perseguindo-o em todos os lugares e inventando as mais inusitadas formas de chamar-lhe a atenção. Enviada a Paris, ela recebe um longo treinamento para transformar-se uma mulher fina, glamorosa, irresistível. Quando retorna a Londres, está mudada, mas ainda disposta a conquistar seu amor de infância. Porém, o irascível e poderoso duque Clayton Westmoreland é quem se interessa mais vivamente pela jovem mulher. E é ele quem, por meio de artimanhas maquiavélicas, consegue levá-la ao altar. Mas Whitney recusa-se a aceitar imposições, e está disposta a fazer tudo para livrar-se do odioso casamento. A convivência, porém, traz surpresas, e dentro de pouco tempo o duque se revela muito mais charmoso e gentil do que ela desejaria admitir. Talvez Paul não passe de uma fantasia infantil; talvez Clayton tenha bons motivos para agir tão brutalmente; talvez o casamento não seja um erro tão grande assim… "

0 comentários:

Postar um comentário

Autora

Autora
Daiani, 24 anos, apaixonada pelos livros do Nicholas Sparks

Seguidores

Redes Sociais

Tecnologia do Blogger.

Postagem em Destaque

Resenha À Primeira Vista-Nicholas Sparks

Livro: À Primeira Vista Autor: Nicholas Sparks Editora: Arqueiro Ano:2005 Sinopse:Jeremy Marsh tinha três certezas: jamais se muda...

Postagens Populares

RESENHA MAIS VISUALIZADA 1

RESENHA MAIS VISUALIZADA 1
Simplesmente Você

2

2
Livros que me fizeram chorar

3

3
Livros Para Ler Em Um Dia

4

4
Um Personagem em Minha Vida

5

5
As Vezes Olho Para O Céu E Te Vejo

Visualizações de página do mês passado