Resultado de imagem para crise penitenciária brasileira


Bom dia Amoras!

Antes de começar esse post eu pensei muito, o blog é literário mais também é meu espaço nada mais justo do que dizer o que penso caso contrario pra que ter um blog não é mesmo? Então hoje vamos falar do Brasil, mais precisamente sobre a crise penitenciária. Mais porque esse assunto? Porque foi o destaque da semana, é um assunto importante sim.


Encontrei esse texto de 2 anos atrás do site lilianrodrigues27.jusbrasil.com.br e adivinhem, continua atual, quem quiser ver o texto inteiro clica(aqui)


Os estabelecimentos penais são instituições criadas como forma de humanizar a aplicação das penas ante à crueldade das que antes eram aplicadas, retribuindo ao condenado o mal causado à sociedade enquanto busca sua ressocialização. Entretanto, tendo em vista a realidade dos estabelecimentos penais, estes demonstram-se ineficazes aos objetivos pelos quais foram constituídos, apresentando cenários de descaso e crueldade que tornaram nítida sua crise e suas consequências, em especial, a superlotação. Ante tal fato, fez-se necessária uma análise acerca do colapso sofrido por tais instituições e a demonstração de algumas possíveis formas de solucionar tais problemas por meio de ideias defendidas por estudiosos do Direito.

Cadeia é para tirar a liberdade do individuo que cometeu um crime, la ele vai se ressocializar, com a pena cumprida ele volta a sociedade, mais não é o que acontece. Outra matéria interessante é do Bom Dia Brasil.
Na manhã desta quarta-feira (4), a presidente do Supremo Tribunal Federal se encontra com o ministro da Justiça para discutir medidas em resposta ao massacre. O último levantamento do Conselho Nacional do Ministério Público mostrou um sistema penitenciário caótico. São presídios lotados, presos condenados misturados com quem sequer foi julgado.
Em maio de 2008, uma série do Jornal da Globo mostrou por dentro todo esse caos. Na época, teve uma CPI do sistema carcerário, se falou muito e hoje em dia absolutamente nada mudou. Presos continuam misturados, facções continuam administrando os presídios e o sistema continua lotado. No Nordeste, são dois presos por vaga. Em Pernambuco, são três.
Quase 35 mil presos amontoados em 23 mil vagas. É a realidade das prisões no Rio Grande do Sul.
O Presídio Central de Porto Alegre é considerado um dos piores do país. Além de superlotado, a estrutura é precária. Esgoto escorrendo pelo pátio e facções criminosas no comando.

 Em resumo, presos julgados misturados com quem não foi julgado e celas lotadas, ainda acha pouco? Como um homem que rouba celular, carteira para manter o vicio é jogado na cela com traficantes perigosos de facção? Como ele vai se ressocializar? É o famoso escondidos pelo sistema, la são jogados e esquecidos.

Não estou defendendo bandidos como dizem, estou dando minha opinião sobre o que vi durante essa semana, é crise sim.

Um comentário:

  1. OIee minha flr! Vocês está certíssima! Um blog literário também é espaço para dar nossa opinião sobre assuntos polêmicos como este. Infelizmente o sistema penitenciário brasileiro é muito atrasado. É preciso educação para mudar. Em vez de ser o que é essas pessoas deveriam receber aulas de reeintegração na sociedade e noções de moral, ética e etc além de realizações de trabalhos dentro da propria prisão para que se sentissem valorizados. Muitas coisas precisam mudar!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir

Autora

Autora
Daiani, 24 anos, apaixonada pelos livros do Nicholas Sparks

Seguidores

Redes Sociais

Tecnologia do Blogger.

Categorias

Postagem em Destaque

(Resenha) Baía da Esperança- Jojo Moyes

Baía da Esperança,Jojo Moyes Título: Baía da Esperança Autora: Jojo Moyes Editora: Intrínseca Ano: 2015 Páginas:304 Liza nunca ...

Postagens Populares

RESENHA MAIS VISUALIZADA 1

RESENHA MAIS VISUALIZADA 1
Simplesmente Você

2

2
Livros que me fizeram chorar

3

3
Livros Para Ler Em Um Dia

4

4
Um Personagem em Minha Vida

5

5
As Vezes Olho Para O Céu E Te Vejo

Visualizações de página do mês passado