O Retorno de Izabel


O Retorno de Izabel - Determinada a levar o mesmo estilo de vida do assassino que a libertou do cativeiro, Sarai resolve sair sozinha em missão, com o propósito de matar o sádico e corrupto empresário Arthur Hamburg. No entanto, sem habilidades nem treinamento, os acontecimentos passam muito longe de sair como o planejado. Em perigo, Sarai nem acredita quando Victor Faust aparece para salvá-la — de novo. Apesar de irritado pelas atitudes inconsequentes dela, ele logo percebe que a garota não vai desistir de seus objetivos. Então não há outra opção para ele a não ser treiná-la. Com tamanha proximidade, para eles é impossível resistir à atração explosiva. Nem Victor nem Sarai podem disfarçar o que sentem, ou negar o desejo que os une. No entanto, depois de tantos anos de sofrimento e tantas cicatrizes emocionais, será que eles conseguirão lidar com um sentimento como amor? Só que Sarai — novamente na pele de Izabel Seyfried — ainda terá que passar por um último teste; um teste para provar se conseguirá viver ao lado de Victor, mas que, ao mesmo tempo, poderá fazê-la questionar os próprios sentimentos e tudo que sabe sobre esse homem.

Romance

0 comentários:

Postar um comentário

FORMULÁRIO DE REEFS

DEFENDA OS CORAIS DA AMAZÔNIA

Pressione a Total e a BP a cancelar seus planos de exploração petrolífera na Foz do Amazonas.

Autora

Autora
Daiani, 24 anos, apaixonada pelos livros do Nicholas Sparks

Seguidores

Redes Sociais

Tecnologia do Blogger.

Postagem em Destaque

Resenha A Estrela Mais Brilhante_ Shirlei Ramos

Depois de tantos meses longe do blog eu voltei e pra ficar, energia renovada, e com muita vontade de compartilhar com vocês os melhores...

Postagens Populares

RESENHA MAIS VISUALIZADA 1

RESENHA MAIS VISUALIZADA 1
Simplesmente Você

2

2
Livros que me fizeram chorar

3

3
Livros Para Ler Em Um Dia

4

4
Um Personagem em Minha Vida

5

5
As Vezes Olho Para O Céu E Te Vejo

Visualizações de página do mês passado

FORMULÁRIO DE REEFS

DEFENDA OS CORAIS DA AMAZÔNIA

Pressione a Total e a BP a cancelar seus planos de exploração petrolífera na Foz do Amazonas.